terça-feira, 15 de janeiro de 2008

ex saudades minhas.

(...) Nunca mais haverá amor como esse?
otimo, porque o novo é tão imenso que seria
um desperdício se algo se repetisse.
Mas todo mundo passa. E é bom que seja assim.
Ailin Aleixo


Do último beijo q não aconteceu,
do jantar romântico q não tivemos,
do café na cama que nunca houve.
Sentirei saudades.
Do acampamento planejado,
dos gritos no parque de diversões que foram sufocados,
do sumiço planejado para praia por 3 dias.
Sentirei saudades.
Das festas que não fomos juntos,
do jantar que não preparei pra vc,
das sonhos que não realizamos.

Saudades da serenata q não fiz,
dos banhos de chuva que não tomamos,
do beijo na chuva...que não aconteceu.
Saudades de pegar no sono com seu carinho,
das surpresas que não presenciei.
Saudades dos segredos que não compartilhamos.
Ah, como sentirei saudades...
dos beijos estalados no ouvido,
das 'mordidinhas' no nariz, e da irritação que isso te trazia.

Saudades das gargalhadas pelas pérolas faladas,
dos nossos encontros na madrugada,
das noites com sono ao seu lado,
Sentirei saudades de quando você me olhava e fazia biquinho de beijo,
da boa sensação quando você dizia que eu era quem você realmente quis.
Saudades de saber que longe ou perto tinha você ao meu lado.
...E depois de um dia cansado e estressante, poderia ouvir sua voz... que me acalmava.
Sentirei saudades dos seus beijos nas minhas mãos, ou relembrar suas mensagens...
De me sentir cuidado e amado por alguns eternos e momentaneos dias...
de ser criança e homem...
De falar bobagens e/ou conversar sério...
se perder entre ruas e rodar horas ao seu lado (e da mamãe), e nunca encontrar a Av.Rebouças...

É, sentiria mais saudades,
se fossem os dias que procurei esquecer.

8 comentários:

Bianca disse...

Lindo!!!!

E como sempre com emoção.

Parabéns, Rapha.

Bjs
Bia

May disse...

Eu li,Aí não satisfeita em ler, reli.
E ainda assim não consegui parar de reler,pq dessa saudade eu também sofro.E apesar da minha saudade o tempo todo clamar o mesmo nome, ele nem sabe disso.
A minha saudade é específica, tem nome e sobrenome,um alvo certo..deve ser por isso que dói tanto.=(

ps. obrigada por liberar o passaporte da alegria :D

Carolina disse...

...............


como sempre sem palavras pra o que vc escreve


...............


Saudades

Anônimo disse...

confesso q ao lê-lo, este texto me proporcionou qse a sensação de estar vivenciando tais cenas!o mais interessante certamente não está somente nos sentimentos descritos, mas nas entrelinhas deste belissimo texto!a simplicidade e a riqueza do texto fazem dele não somente um texto mais uma poesia em forma de relato!dando ao seu aspecto romantico uma caracteristica mto mais saudosista que tristonha!parabéns a inspiração foi formidável espero q os proximos tenham a mesma ou maior vivacidade de sentimentos que me proporcionou!
sua priminha
Monalisa Mendes

Thalita disse...

eu li e atravez disso eu consegui ver as coisas q sinto,penso e ver q saudade é sempre bom. Saudade de ti,saudades de te ver e de estar sempre ao seu lado.
que a saudade nunca exista entre nois dois
e que seje eterno equanto dure.....


Thalita..

vivi disse...

nao sei como me expressar a vc tudo o tu expressas pra nós, mas gostaria de dizer bem baixinho no seu ouvido,deixe o susurro pra depois, VC E DEMAIS!!!!!

Karen (menina) disse...

Parabens menino. Suas palavras como sempre são lindas.
sorete aminha de ter uma amigo tão inspirador como você...

tudo oq vc faz é lindo.

te adoro

Anônimo disse...

Nossa... Lindoooooo.... amei...
Parabens....